terça-feira, 27 de outubro de 2015

Você sabia que somos feitos de poeiras estelares?

Os primeiros elementos químicos responsáveis pela vida foram originados a partir da morte de uma estrela, através da explosão de uma supernova que os elementos químicos necessários surgiram.


Os elementos mais comuns, como carbono e nitrogênio, são criados nos núcleos da maioria das estrelas, fundidos a partir de elementos mais leves, como hidrogênio e hélio. Os elementos mais pesados, como o ferro, no entanto, são formados nas estrelas maciças que terminam suas vidas em explosões de supernovas. Elementos ainda mais pesados nascem nas condições extremas da explosão em si. Sem estrelas morrendo, a vida não seria possível.

Nosso sangue tem ferro na hemoglobina, que é vital para a nossa capacidade de respiração. Precisamos de oxigênio em nossa atmosfera para respirar.

Nitrogênio enriquece o solo do nosso planeta. Sem supernovas, podemos ter planetas gasosos, estrelas e galáxias, mas não carros, vacas, planetas sólidos, seres humanos ou qualquer vida. Nós todos somos filhos de explosões de supernovas.


Em um adulto a água representa 60% de seu peso. Supondo que o peso desse adulto seja de 70kg, então ele possui 42kg de água. A proporção em massa de hidrogênio nesse corpo é de aproximadamente 1/15, ou seja, 2,8kg de hidrogênio. Essa massa representa aproximadamente 4% da massa total do corpo (70kg). Ou seja, podemos dizer que 90-95% (considerando variações nos dados) da massa do nosso corpo é poeira estelar de fato.

As proteínas representam, aproximadamente, 30% da massa do corpo. Nesse caso, 21kg. A proporção em massa de hidrogênio nas moléculas de proteínas varia de 5% a 10%, vamos assumir 10%. Então, a massa de proteínas é de 2,1kg. 2,1kg + 2,8kg = 4,9kg. Valor esse que representa 7% do total (70kg). 7%+4% = 11%. Considerando variações nos dados, ainda continuamos com 90-95% de poeira estelar em nosso corpo.

Fonte: Climatologia

Nenhum comentário:

Postar um comentário