quinta-feira, 4 de junho de 2015

Matéria-prima feita com cogumelo produz embalagens e objetos sustentáveis

Se você separa o lixo reciclável na sua casa sabe bem do que estou falando. Diariamente nos descartamos de montanhas de resíduos.


VAMOS DESCOBRIR...

São embalagens e mais embalagens de todos os produtos que consumimos: caixa de sabão em pó, pote de iogurte, bandeja de carne e muito, muito mais. Apesar da grande maioria delas serem recicláveis, ainda estamos longe de ter um modelo ideal.

Buscando uma solução para este problema, uma empresa americana de design de produtos, a Ecovative, encontrou uma alternativa em meio à natureza: mais especificamente, em um fungo – o cogumelo. A ideia nasceu em 2007 com os estudantes de engenharia Eben Bayer e Gavin McIntyre.

Matéria-prima natural e sustentável.
Para fabricar a matéria-prima inovadora – segundo eles, o material cresce, não é fabricado, os engenheiros misturam subprodutos da agricultura (como sobras de feno e cascas de sementes) com micélio de cogumelo. Micélios são um conjunto microscópico de filamentos encontrados dentro de fungos, responsáveis pela sua sustentação e absorção de nutrientes.

Depois disso, há um processo como de fermentação, parecido com o que ocorre na massa de pão. Juntos, o micélio e o outro componente se tornam um material extremamente resistente, facilmente moldável e que pode ser utilizado na produção de embalagens, objetos de decoração e até material de construção.

Luminárias criadas com fungo de cogumelo.
A principal diferença entre o material feito a partir do cogumelo é ser biodegradável, ou seja, após sua utilização, ele entra totalmente em decomposição em contato com o solo, ao contrário de outros materiais sintéticos e artificiais que demoram séculos para desaparecer no meio ambiente.

A criação dos jovens americanos já ganhou diversas premiações. Em 2008, recebeu 500 mil euros do PICNIC Green Challenge, um dos maiores prêmios internacionais de soluções para as mudanças climáticas. Durante o Fórum Econômico Mundial, em 2011, a empresa foi reconhecida como Tech Pioneer. Eben Bayer e Gavim McIntyer já participaram de dois TED Talk.

Embalagem biodegradável entra em decomposição em contato com o solo.
Agora em 2015, a equipe da Ecovative levou para casa o 2015 Design of the Year Award, organizado anualmente pelo Museu de Design de Londres. Vasos, luminárias e até pranchas de surfe já foram criadas com o material de cogumelo.

Veja no vídeo abaixo como é o processo de produção da matéria-prima com micélio:


Fonte: Planeta Sustentável

E NÃO DEIXE DE SEGUIR NOSSAS INCRÍVEIS COLEÇÕES NO GOOGLE+, É SÓ CLICAR NAS IMAGENS ABAIXO PARA ACESSAR OS LINKS:
https://plus.google.com/collection/slsfQB https://plus.google.com/collection/YNjvQB https://plus.google.com/collection/M-zdQB

E NÃO PARE POR AQUI, ABAIXO TEM MUITO MAIS PRA VOCÊS É SÓ CLICAR NOS TÍTULOS OU NAS IMAGENS PARA ACESSAR OS LINKS:

Cogumelos: dos comestíveis aos que podem matar

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2013/12/cogumelos-dos-comestiveis-aos-que-podem.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário