segunda-feira, 13 de outubro de 2014

O incrível mega lago

Pesquisadores encontram um mega lago perdido na África.

 https://bio-orbis.blogspot.com/2014/10/megalago.html
Fonte da imagem: geounesp.

VAMOS DESCOBRIR...

O árido Vale do Nilo Branco, na África, não só era bem mais úmido no passado como abrigava um dos maiores lagos de água doce do mundo, segundo um estudo publicado na revista Geology.

Os pesquisadores acreditam que o lago existiu antes do início da última era glacial. Ele se estendia por mais 160 quilômetros ao sul e tinha duas vezes mais água em relação a cálculos anteriores, rivalizando com os atuais Grandes Lagos da América do Norte.

O Nilo Branco liga o baixo Nilo, ao sul, com sua nascente no Lago Vitória. Durante anos, os cientistas ficaram intrigados com as supostas margens de um antigo lago, avistadas no alto das colinas do Vale do Nilo Branco. Estudos anteriores se limitavam a cálculos aproximados do tamanho do lago, baseados em mapas com informações pouco precisas sobre o relevo da região, que tampouco indicavam há quanto tempo ele existiu.

Os pesquisadores solucionaram todas essas incógnitas usando dados altamente precisos, fornecidos pela Missão de Radar Topográfico do ônibus espacial da NASA, que mapeou toda a extensão do antigo lago no vale.

Para datar a linha costeira do lago, assim como os afluentes do Nilo Azul que o alimentavam, os cientistas empregaram um elemento raro do solo, que ocorre naturalmente: o berílio 10. O elemento se formou ao longo de milênios, a um ritmo constante, por raios cósmicos que atravessam a atmosfera terrestre. Isso restringiu a data de surgimento do lago a 109 mil anos atrás.

O antigo lago africano teria mais da metade de tamanho do majestoso Lago Superior © BARROWS, ET AL., 2014, GEOLOGY.

“O que chama mais a atenção é o fato de que o Nilo Azul se localizava bem mais ao sul do que hoje”, comenta Timothy Barrows, da Universidade de Exeter, autor principal do estudo.

Segundo o pesquisador, a causa mais provável para a imensa expansão do lago foram as chuvas torrenciais das monções da época, que inundavam não só o Nilo Branco como o Nilo Azul a leste. A datação dos antigos canais de drenagem do Nilo Azul sugere que o volume de água que chegava ao Nilo Branco era tão monumental que foi suficiente para criar um lago de 45 mil quilômetros quadrados.

“Ele tinha a dimensão aproximada dos Grandes Lagos (da América do Norte)”, explica o especialista Ted Maxwell, do Instituto Smithsonian, que não participou do último estudo. “Era parecido com a Represa Hoover do Rio Colorado, só que era natural”.

Em comparação, o mega lago do Nilo Branco tinha mais da metade do tamanho do Lago Superior e era maior do que as áreas do Lago Erie e do Lago Ontário, somadas.

“Há 110 mil anos, o clima era muito quente e o nível do mar era seis metros mais elevado”, comenta Barrows. Isso criou um microclima muito diferente do que gerou o deserto atual.

Os novos dados são intrigantes, já que foi durante o período glacial – posterior à era interglacial úmida do Nilo – que os megalagos da América do Norte se formaram, incluindo os que existiram em Utah, Nevada e na Califórnia.

Em outras palavras, o clima mais quente entre as eras glaciais inundou o Nilo, mas tornou árida a América do Norte. E durante o último período glacial, a bacia hidrográfica do Nilo secou, enquanto as geleiras passaram a alimentar os grandes mares interiores do continente.

Fonte: Discovery Brasil

INCRÍVEL DESCOBERTA. MAS NÃO PARE AGORA, POIS A NATUREZA RESERVA MUITO MAIS PRA VOCÊ AQUI EM BAIXO, ENTÃO CLIQUEM NOS TÍTULOS OU NAS IMAGENS PARA ACESSAR E SE MARAVILHAR:

O misterioso lago Natron

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2013/12/o-misterioso-lago-natron.html


Já ouviram falar no Lago Vostok?

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/10/ja-ouviram-falar-no-lago-vostok.html


 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/06/lago-de-fogo.html


 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2014/01/o-que-e-impacto-ambiental.html


E VOCÊ NÃO VAI SAIR DO BLOG SEM ANTES ACESSAR NOSSAS COLEÇÕES E SEGUI-LAS, É SÓ CLICAR NAS IMAGENS ABAIXO E SEGUIR:

 https://plus.google.com/collection/Ut3sQB https://plus.google.com/collection/YLgT0

Nenhum comentário:

Postar um comentário