terça-feira, 28 de outubro de 2014

5 mistérios sobre Dinossauros

5 mistérios sobre dinossauros que permanecem sem resposta

 https://bio-orbis.blogspot.com/2014/10/5-misterios-sobre-dinossauros.html
Bebes dinossauros. Fonte da imagem: Detetives do passado.

VAMOS DESCOBRIR...


A paleontologia revelou muito sobre o mundo dos dinossauros para nós nas últimas décadas, mas ainda existe muito o que ser estudado. Apesar de toda a dedicação, existem algumas perguntas que parecem muito simples, mas que continuam sem uma resposta da ciência.

1 – Como eles foram extintos?

Dinossauros morreram há 65 milhões de anos e disso todos nós sabemos. Mas o que ainda não sabemos é como exatamente eles morreram. Sabe-se que um gigantesco asteroide atingiu nosso planeta nessa época, mas ele certamente não foi o único responsável pela extinção dos gigantes.


Não há um consenso sobre o assunto, mas podem ter havido diversos fatores diferentes que, somados, resultaram na extinção. O planeta também passava por um período de mudanças ecológicas, com intensa atividade vulcânica que lançou sulfato e dióxido de carbono na atmosfera, matando plantas e animais. Os dinossauros herbívoros foram os primeiros a morrer e, com eles, os carnívoros também não suportaram a falta de comida.

2 - Como eles surgiram?

Os paleontólogos continuam procurando o que seria a primeira espécie que deu origem aos dinossauros. Mas como os fósseis contam apenas uma história limitada do animal, é na verdade bem difícil encontrar evidências, já que isso também depende bastante da sorte.


Alguns fósseis encontrados na Polônia e na Tanzânia sugerem que eles evoluíram a cerca de 245 milhões de anos. O principal candidato a dinossauro mais antigo do planeta é o Nyasasaurus, que tinha apenas 3 metros de comprimento e não parecia tão assustador assim.

3- Eles tinham sangue frio ou quente?

Endotermia é uma característica que permite aos animais manter a temperatura corporal relativamente constante mesmo com pequenas variações climáticas. Apenas aves e mamíferos são animais endotérmicos, também chamados de “sangue quente”, enquanto peixes, anfíbios e répteis necessitam do calor do ambiente para se aquecer.


Muitas evidências parecem apontar para o fato de que os dinossauros tinham sangue quente como nós, e não eram apenas lagartos gigantes de sangue frio. Os paleontólogos acreditam que eles conseguiam esse feito através da fermentação da vegetação. Outra teoria é de que eles usavam seus músculos para se aquecerem. Nada disso, no entanto, é consenso entre os cientistas, que ainda buscam uma resposta definitiva.

4 - Eles tinham penas ou escamas?

Os fósseis conservam o esqueleto, mas não a pele. Por isso é difícil encontrar evidências de como seria a pele desses animais, mas há quem diga que eles teriam visuais bem mais variados do que os retratados em filmes, com uma grande gama de cores, pelugens e plumagens, assim como os animais de hoje.


É comum que animais endotérmicos, como as aves e mamíferos, usem pelos ou penas para manter a temperatura do corpo constante. Se dinossauros também eram endotérmicos, como se crê, é bem possível que muitos deles também tivessem plumagens por cima de uma grossa camada de pele. Posteriormente, as penas adquiriram outra função importante: voo.

5- Como eles aprenderam a voar?

Alguns dinossauros tinham a habilidade de voar, assim como as aves de hoje, que provavelmente evoluíram dessas criaturas. Mas como os primeiros dinossauros voadores aprenderam a voar?

A verdade é que ainda não sabemos exatamente. Paleontólogos possuem algumas teorias, que ainda precisam de mais evidências. Fósseis descobertos recentemente mostram dinossauros que provavelmente tinham quatro asas ao invés de duas. Os primeiros dinossauros voadores eram pequenos, mais ou menos do tamanho de um peru.


Existem várias hipóteses para explicar a origem do voo. A teoria cursória diz que os voos começaram do solo para cima; a teoria arbórea propõe que o voo evoluiu do voo deslizante sem propulsão de animais escaladores de árvores; e uma variante da teoria cursória propõe que as asas se desenvolveram como resultados da necessidade de correr mais rápido ladeira abaixo, para escapar de predadores.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Incríveis não é mesmo? Agradecemos pelo comentário.

      Grande abraço, Equipe BioOrbis.

      Excluir
  2. Bom dia!
    Sou fascinado por estes animais. Que eles existiram, isso é facto.
    A primeira pergunta de como eles foram extintos, eu tenho uma teoria.
    Eu acredito, pois eu tenho o direito de acreditar, que na Bíblia Jesus disse que viu Lúcifer cair do céu como um raio (Lucas 10:18)
    A Bíblia começa a história do homem no livro de Gênises que a terra era sem forma e vazia.
    Então com a queda desse anjo tudo foi destruído quando ele pecou, porque a terra já existia antes de Lúcifer pecar.
    Interessante que sempre que há um pecado grave, há um Juízo de Deus.
    O Dilúvio não foi diferente, o homem pecou, mais uma vez Deus destruiu a terra e todos os seres que viviam nessa época que nós nunca conhecemos. Mas os dinossauros viveram muito antes do grande Dilúvio, isso é facto.
    Sendo assim, com a queda desse anjo, os dinossauros foram extintos para a entrada de uma nova era, o Homem.
    Minha teoria.
    Abraços a todos. 😁

    ResponderExcluir
  3. Cara a sua teoria é no minimo patética! vc tá insinuando que o asteroide que caiu na terra é satanás? esse ser imaginário assim como os outros personagens citados na sua teoria? tudo bem eu respeito o seu direito de acreditar no que quiser más não precisa apelar.

    ResponderExcluir