quinta-feira, 19 de março de 2015

Aquecimento do mar derrete uma das maiores geleiras do planeta na Antártica

Ainda é prematuro imaginar ligação direta com as mudanças do climáticas.

 https://bio-orbis.blogspot.com/2015/03/aquecimento-do-mar-derrete-uma-das.html

VAMOS DESCOBRIR...

A geleira deTotten, na Antártica, tem 120 km de comprimento e 30 km de largura, e – além de ser uma das maiores do mundo -é um dos sistemas de geleiras menos compreendidos pela ciência. Ela está derretendo devido ao aquecimento do mar, fenômeno que demonstra a vulnerabilidade do leste da região e seu papel no aumento da elevação dos oceanos, de acordo com Steven Rintoul, chefe de uma expedição que, no momento, mede as águas abaixo de sua cobertura de gelo.

O cientista esclarece que estas são as primeiras mensurações de temperaturas das águas da região, localizada a cerca de 3.200 km ao sul da ilha australiana de Tasmânia, e que portanto seria prematuro imaginar ligação direta com a mudança do clima.

Imagens de satélite já haviam provado que Totten está derretendo, mas o estudo de Rintoul demonstrou a hipótese de que águas aquecidas a estão liquefazendo a partir de suas fundações.”Pensávamos que as geleiras do leste da Antártica não seriam atingidas pelo oceano porque estavam muito longe das águas quentes”, explicou. “Mas agora, pela primeira vez, temos evidência de que elas chegaram lá”.

A geleira não vai derreter totalmente tão cedo. “Não em milênios, pelo menos”, sublinha Rintoul, lembrando também que os níveis do mar no planeta não vão subir seis vezes, o que aconteceria provavelmente naquele cenário, informa o El País.

Nenhum comentário:

Postar um comentário