domingo, 26 de janeiro de 2014

O mamífero mais raro do mundo

Na Ilha Deserta... Eles são sociáveis e simpáticos, embora raríssimos, do ponto de vista zoológico


 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2014/01/o-mamifero-mais-raro-do-mundo.html
Cavia intermedia. Fonte da imagem: Imgur.

VAMOS DESCOBRIR...

Apenas na ilha Moleques do Sul, a 10 quilômetros de Florianópolis e pertencendo ao município de Palhoça, entre rochas e bosques baixos, pode ser encontrado o preá (Cavia intermedia), um diminuto mamífero de 25 centímetros e 600 gramas, descrito pela ciência há apenas dez anos. Debruçada sobre as encostas rochosas da ilha desabitada e cercada pelo mar, a população dos pequenos roedores não passa de 100 indivíduos. É considerado o mamífero mais raro do mundo, e integra a lista vermelha de animais ameaçados de extinção, pela IUCN (The IUCN Red List of Threatened Species) está classificada como criticamente em perigo.

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2014/01/o-mamifero-mais-raro-do-mundo.html
Fonte da imamgem: Revista National Geographic Brasil, Maio 2010.

Seu aspecto físico lembra o de seus parentes do continente, mais estão separados há pelo menos 8 mil anos. Resultados preliminares de um estudo ainda inédito dos biólogos Nina Furnari e César Ades, do laboratório de psicoetologia da Universidade de São Paulo, revelaram, no entanto, um comportamento social próprio entre os preás da ilha. Por isso, são vistos com freqüência forrageando gramíneas em grupos mistos de dois a até 17 indivíduos. "Nesses grupos maiores ocorrem subunidades, formadas por casais ou duplas de mãe-filhote ou ainda tríades de mãe-filhote-macho", explica Nina. "E há vínculos entre os indivíduos visíveis pela ausência de comportamentos agressivos."


Fonte da imagem: MomentosdeReflexão.

Fonte: Revista National Geographic Brasil, Maio 2010.


QUE INCRÍVEL! MAS NÃO PARE POR AQUI, ABAIXO TEM MUITO MAIS (CLIQUEM NOS TÍTULOS OU NAS IMAGENS PARA ACESSAR OS LINKS):

Como seria o mundo dos grandes mamíferos sem o ser humano

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/09/como-seria-o-mundo-dos-grandes.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário