domingo, 26 de janeiro de 2014

A primeira flor

Um fóssil de 5 centímetros achado no sul da Argentina pode dar pistas para saber por que girassóis e margaridas se tornaram tão comuns.

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2014/01/a-primeira-flor.html

VAMOS DESCOBRIR...

Com aproximadamente 50 milhões de anos, trata-se do indício mais antigo da imensa família das Asteráceas, que também inclui a alcachofra, e confirma a hipótese de que ela surgiu na América do Sul. Os botânicos usarão a descoberta para entender como essas plantas conseguiram se dispersar pelo mundo afora.

O fóssil foi encontrado em 2002 em rochas ao longo do rio Pichileufu, na Patagónia, Sul da Argentina durante uma “caça aos fósseis” por amadores, explica a revista Nature.

A descoberta sugere que a família Asteracaea – da qual fazem parte o girassol, o dente-de-leão, crisântemo, alface e a margarida – apareceu há aproximadamente 50 milhões de anos, mais cedo do que se pensava, na região onde hoje é a América do Sul.


Fonte da imagem - Novos Insólitos
Segundo o jornal “Daily Mail”, os fósseis que tinham sido encontrados até agora consistiam apenas em alguns grãos de pólen. Ainda assim, estes registos permitiram saber que esta família teve origem um antecessor comum com outras duas famílias (Goodeniaceae e Calyceraceae) que se desenvolveu no que é hoje a Antártida. Quando a Antártida começou a arrefecer, esse tronco comum de famílias botânicas migrou para a Austrália e América do Sul. Num período entre há 56 e 23 milhões de anos, este tronco comum subdividiu-se.

A DESCOBERTA

Coordenada pela paleobióloga Viviana Dora Barreda, do Museu das Ciências Naturais da Argentina, em Buenos Aires, oferece “provas evidentes da família dos girassóis num estádio ainda muito primitivo da sua diversificação”, escreve também na revista “Science” o botânico Tod Stuessy, da Universidade de Viena.

Fonte da imagem - Novos Insólitos
Além disso, este fóssil sugere que o clima naquela época era relativamente úmido, com temperaturas médias de 19 graus Célsius, escreve o site “Scientific American”.

“Mas ainda há muito a aprender sobre a evolução e biogeografia da família dos girassóis”, alertou Stuessy. “Mesmo que os cientistas aceitem que a origem dos girassóis está na América do Sul, ainda não é claro como é que esta família colonizou rapidamente todo o planeta e se tornou tão diversa”, tendo dado origem a 23 mil espécies, acrescentou. Barreda questiona-se ainda, por exemplo, sobre qual o papel destas plantas no ecossistema e como elas eram polinizadas.

Fonte: Revista National Geographic Brasil, Edição de Aniversário, Maio de 2011.


INCRÍVEL DESCOBERTA DA PRIMEIRA FLOR. MAS NÃO VAMOS PARAR POR AQUI COM AS CURIOSIDADES DESSA NATUREZA INCRÍVEL (CLIQUEM NOS TÍTULOS OU NAS IMAGENS ABAIXO):

Por que o girassol "acompanha" o Sol?

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/05/por-que-o-girassol-acompanha-o-sol.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário